Flight review: como é a executiva da TAP, do Rio a Lisboa (com pouso no cockpit!)

Embarquei no Aeroporto RIOgaleão com destino a Lisboa para descobrir como é a executiva da TAP Air Portugal no A330. A experiência foi fantástica!

Para começar, com uma autorização especial da TAP, pude entrar no avião antes da chegada da tripulação. Assim, tive a oportunidade de ver a equipe de comissaria abastecendo as galleys do A330.

Fora isso, ainda encontrei a Selma, uma funcionária da Swissport encarregada da limpeza da cabine. E que simpatia ela é! Confesso que fiquei tocado pelo orgulho com o qual a Selma desempenha seu trabalho — um começo e tanto para a minha viagem.

Para completar, conheci, no cockpit, o mecânico Saulo, responsável pelo aeronave, que me explicou os procedimentos de segurança a serem seguidos antes da chegada dos pilotos.

E como é a executiva da TAP no A330? Nesta aeronave, nas janelas do lado esquerdo, há apenas uma poltrona. Já nas janelas do lado direito, há poltronas duplas e individuais a cada fileira. E, no Centro, também poltronas duplas e individuais intercaladas.

Os assentos reclinam a 180 graus, garantindo uma boa noite de sono. Já o serviço de bordo, sempre muito gentil na TAP, teve vinhos portugueses branco, tinto, rosé, verde, além de espumante e Porto.

Comi, na entrada do jantar, frango com salada e sopa de batata doce com gengibre, e, de prato principal, um frango com ratatouille. Tudo bem gostoso.

Pouco antes da aterrisagem, uma supresa: uma nova visita ao cockpit, de onde pude observar um visual fantástico de Portugal, com praias lindíssimas, fora a aproximação da aeronave ao aeroporto de Lisboa. Sensacional!

Tudo isso está documentado em mais um vídeo exclusivo do Carioca NoMundo, a seguir. Aproveite para se inscrever no Carioca NoMundo e lembre-se de ativar o sininho para receber as notificações de novidades! Você pode me acompanhar também no Facebook e no Instagram @carioca_nomundo. Até lá!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *