Flight review: como é voar na Royal Air Maroc

Tenho recebido várias mensagens no meu canal Carioca NoMundo, no YouTube, me perguntando sobre como é voar na Royal Air Maroc (site da companhia aqui). A maioria das pessoas quer saber se vale a pena pagar um pouco menos para ir à Europa fazendo uma conexão em Casablanca, a maior cidade do Marrocos, no Norte da África.

Para quem não se liga muito em avião, tenho que alertar para um fator que pode fazer a maior diferença na experiência de voar com a companhia aérea marroquina.

Em primeiro lugar, o moderníssimo Boeing 787 Dreamliner da Royal Air Maroc só voa para São Paulo — os voos que partem do Riogaleão, no Rio de Janeiro, são operados por antigos Boeing 767.

Quando produzi, no início do ano, o flight review que você poderá assistir a seguir, a companhia usava um único avião partindo do Rio, com escala em Guarulhos, e seguindo para Casablanca. Tive a sorte, portanto, de voar no moderno 787 saindo do Rio, mas, hoje em dia, já não é mais a mesma coisa.

A diferença do nível de conforto entre as duas aeronaves é grande. A classe executiva dos voos que saem de São Paulo é infinitamente mais confortável do que a disponível nos que partem do Rio. Na primeira, a poltrona se transforma em cama, enquanto a outra apenas reclina, como acontecia antigamente.

O serviço da Royal Air Maroc é bastante cordial — e os vinhos marroquinos servidos à bordo são excelentes. O aeroporto de Casablanca, para quem faz conexão, é OK. Mas cuidado para não pegar uma conexão muito apertada, com pouco tempo em terra, caso contrário, você terá que correr, como foi o meu caso.

O melhor mesmo é assistir aos vídeos — fiz um também sobre o meu voo de Casablanca até Lisboa, meu destino final — e ver como é a experiência de voar na Royal Air Maroc.

Aproveite para se inscrever e deixar seus comentários no Carioca no Mundo, no YouTube — tem sempre novidades por lá! Você pode me acompanhar também pelo Facebook e pelo Instagram @carioca_nomundo.

 

Do Rio de Janeiro a Casablanca, com escala em Guarulhos, na classe executiva do 787 da Royal Air Maroc:

 

De Casablanca a Lisboa, na classe executiva do 737-700 da Royal Air Maroc:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *