Estalagem St. Hubertus, o melhor hotel de Gramado

Por ANDRÉ EISLER, de Gramado, especial para o Carioca NoMundo

Localizado em um bairro nobre de Gramado, o Hotel Estalagem St. Hubertus (site aqui), integrante da associação Roteiros de Charme, fica em frente ao Lago Negro, um dos principais cartões postais da cidade.

O lugar é privilegiado por sua beleza natural e pela tranquilidade. O hotel está fora do burburinho de turistas, porém, sem ficar longe do Centro de Gramado, que é facilmente acessível, em apenas três minutos, de Uber ou de táxi.

Hotel Estalagem St. Hubertus, o melhor hotel de Gramado
O Hotel Estalagem St. Hubertus, na beira do Lago Negro, um dos cartões postais de Gramado

À primeira vista, o Hotel Estalagem St. Hubertus chama a atenção pela sua charmosa arquitetura em estilo germânico, uma característica típica das construções da Serra Gaúcha.

Seu interior impressiona pelos espaços bem decorados e pelas soluções de revestimento, como uma sala de estar em que uma parede é inteiramente forrada com rolhas de cortiça.

Hotel Estalagem St. Hubertus, o melhor hotel de Gramado

Hotel Estalagem St. Hubertus, o melhor hotel de Gramado
Os ambientes aconchegantes e bem decorados do Hotel Estalagem St. Hubertus, com destaque para a parede de rolhas, na foto acima

A combinação de antiguidades com um mobiliário muito confortável e a abundante presença da madeira transformam as áreas sociais do hotel em recantos repletos de aconchego.

São apenas 30 suítes, garantindo uma maior sensação de exclusividade aos hóspedes. Nenhum quarto é igual ao outro — o que dá vontade de conhecer todos. Os lençóis 100% algodão são da Trussardi e os amenities, da L’Occitane.

À noite, ao chegar na suíte, os hóspedes encontram frutas e um chá quentinho com biscoitos, fazendo com que o adormecer seja tranquilo e traga energia para o dia seguinte.

Hotel Estalagem St. Hubertus, o melhor hotel de Gramado

Hotel Estalagem St. Hubertus, o melhor hotel de Gramado

Hotel Estalagem St. Hubertus, o melhor hotel de Gramado
Três ângulos de uma das suítes do Hotel Estalagem St. Hubertus, em Gramado

O café da manhã do Hotel Estalagem St. Hubertus é servido no restaurante, que, além de sala com lareira, tem um área externa com deck e vista para o Lago Negro.

Todas as mesas são cuidadosamente ornamentadas com arranjos de flores naturais e o serviço é realizado em impecáveis porcelanas e pratarias. Uma raridade nos dias de hoje!

Além do café da manhã estar incluído na diária, à tarde, eles oferecem um serviço de chá, que inclui bolos, salgados e doces. O ponto forte ficou com o chá de maçã caseiro, preparado com maçãs desidratadas, sem adição de açúcar, que são colhidas no próprio pomar do hotel.

Hotel Estalagem St. Hubertus, o melhor hotel de Gramado
O restaurante do Hotel Estalagem St. Hubertus: café da manhã e chá da tarde incluídos na diária

O hotel tem serviço de massagem e uma pequena sala para exercícios aeróbicos, que, infelizmente, não tive tempo de experimentar. Em compensação, curti, e muito, a piscina aquecida e a sauna a vapor.

Nada melhor que relaxar na água quentinha durante o inverno gaúcho, em que a temperatura pode chegar a zero grau. Enquanto isso, é possível contemplar, do lado de fora da piscina, um belo jardim com espelho d’água e cascata.

Existe, ainda, uma ótima sala de leitura, uma videoteca com um excelente acervo de filmes e uma terceira sala com uma mesa de bilhar. Além das atividades internas, o hotel Estalagem St. Hubertus dispõe também de trilhas para caminhadas.

Estalagem St. Hubertus, o melhor hotel de Gramado
A piscina coberta, com vista para o jardim, do Hotel Estalagem St. Hubertus

Para finalizar, tem uma pequena e charmosa loja recheada de produtos tentadores. Aliás, o aromatizador de ambiente do hotel é tão delicioso que não resisti. Tive que comprar um frasco para trazer comigo.

Sou um viajante experiente e atento, sobretudo, aos serviços dos hotéis onde me hospedo. E está aí o que me conquistou de vez no Hotel Estalagem St. Hubertus.

A equipe não mede esforços em agradar e cobrir os hóspedes de gentilezas. A proatividade é tamanha que bastou me verem chegar com vinhos que comprei em uma degustação e prontamente se ofereceram para embalar cada garrafa com plástico bolha, para que eu pudesse despachá-las com segurança.

Isso sem dizer que todos os membros da equipe tratam os hóspedes pelo nome e fazem com que a gente tenha vontade de voltar muitas e muitas vezes. Foram três noites que me fizeram relaxar e voltar ao Rio de Janeiro com as energias renovadas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *