Lista: os 50 melhores restaurantes da América Latina

Foram anunciados ontem à noite, em Bogotá, na Colômbia, os vencedores do prêmio Os 50 Melhores Restaurantes da América Latina de 2017. Os títulos são concedidos pela empresa britânica William Reed Business Media, a mesma que também elege Os 50 Melhores Restaurantes do Mundo e Os 50 Melhores Bares do Mundo (clique aqui para ver a lista dos bares de 2017).

No top 10 da lista dos melhores restaurantes latino-americanos, há três brasileiros: D.O.M., A Casa do Porco e Maní, todos em São Paulo.

O número 1 entre os melhores restaurantes da América Latina de 2017 foi o Maido, em Lima, no Peru, que, no ano passado, tinha sido o número 2.

O Central, também em Lima, que foi o número 1 do continente em 2016, agora é o número 2. Lima, aliás, é a cidade queridinha da lista, com o maior número de restaurantes: dez. Depois, vêm Buenos Aires, com nove, e Cidade do México, com sete. Os mexicanos, porém, conseguiram melhores colocações que os argentinos.

Outros cinco brasileiros aparecem na lista até a 50ª posição — com o Lasai, do Rio de Janeiro, em 16° lugar. O Olympe, também carioca, ficou com a 23ª colocação.

Destaco, a seguir, os 10 Melhores Restaurantes da América Latina e, na sequência, os outros 40 estabelecimentos classificados. O site oficial do prêmio, em inglês, pode ser acessado aqui.

 

1) Maido (Lima, Peru)

O Maido é o número 1 entre os 50 melhores restaurantes da América Latina
O MAIDO, especializado em culinária nikkei, que une os sabores das cozinhas japonesa e peruana, é o número 1 entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina

2) Central (Lima, Peru)

Os pratos do CENTRAL celebram a biodiversidade do Peru: número 2 entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina
Os pratos do CENTRAL celebram a biodiversidade do Peru e levam ingredientes que vão de frutos do mar a plantas do deserto: segunda colocação entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina

3) D.O.M. (São Paulo, Brasil)

O D.O.M. ficou com o terceiro lugar entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina
A incansável pesquisa sobre ingredientes da Amazônia do chef Alex Atala garantiu ao paulistano D.O.M. o terceiro lugar entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina

4) Pujol (Cidade do México, México)

O mole madre, mole nuevo do PUJOL, o número 4 entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina
O mole madre, mole nuevo: são dois molhos (sendo um envelhecido por até mil dias) servidos com tortilhas que fazem sucesso no PUJOL, o número 4 entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina

5) Boragó (Santiago, Chile)

O chef Rodolfo Guzmán, do BORAGÓ: quinto lugar entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina
A cozinha moderna e criativa, que só trabalha com ingredientes chilenos de cada estação, do chef Rodolfo Guzmán deu ao BORAGÓ o quinto lugar entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina

6) Quintonil (Cidade do México, México)

O QUINTONIL prega uma culinária sustentável: número 6 entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina
Com legumes, verduras e frutas colhidos em horta e pomar próprios, o QUINTONIL prega uma culinária sustentável: número 6 entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina

7) Astrid y Gastón (Lima, Peru)

Astrid y Gastón: número 7 entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina
Além de número 7 entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina, o ASTRID Y GASTÓN, com 20 anos de cozinha, ganhou também o prêmio Arte da Hospitalidade

8) A Casa do Porco (São Paulo, Brasil)

A CASA DO PORCO, em São Paulo, eleito o oitavo entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina
O nome (e a foto) já dizem muito sobre as delícias de A CASA DO PORCO, em São Paulo, eleito o oitavo entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina

9) Maní (São Paulo, Brasil)

MANÍ: nono entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina
A leveza e a delicadeza das criações da chef Helena Rizzo levaram o paulistano MANÍ a ser escolhido o nono entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina

10) Tegui (Buenos Aires, Argentina)

TEGUI: número 10 entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina
O chef German Martitegui com sua equipe na entrada cheia de street art do TEGUI: número 10 entre os 50 Melhores Restaurantes da América Latina

 

A seguir, a lista dos outros 40 colocados no votação dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina:

11) Sud 777 (Cidade do México, México)

12) Osso Carnicería y Salumería (Lima, Peru)

13) Don Julio (Buenos Aires, Argentina)

14) 99 (Santiago, Chile)

15) La Mar (Lima, Peru)

16) Lasai (Rio de Janeiro, Brasil)

17) Harry Sasson (Bogotá, Colômbia)

18) Leo (Bogotá, Colômbia)

19) El Baqueano (Buenos Aires, Argentina)

20) Maito (Cidade do Panamá, Panamá)

21) Isolina (Lima, Peru)

22) Parador La Huella (José Ignacio, Uruguai)

23) Olympe (Rio de Janeiro, Brasil)

24) Rafael (Lima, Peru)

25) Pangea (Monterrey, México)

26) Chila (Buenos Aires, Argentina)

27) Mocotó (São Paulo, Brasil)

28) Gustu (La Paz, Bolívia)

29) Nicos (Cidade do México, México)

30) Malabar (Lima, Peru)

31) Biko (Cidade do México, México)

32) Amaranta (Toluca, México)

33) Ambrosia (Santiago, Chile)

34) Corazón de Tierra (Valle de Guadalupe, México)

35) Rosetta (Cidade do México, México)

36) Alcalde (Guadalajara, México)

37) Elena (Buenos Aires, Argentina)

38) Restaurante 040 (Santiago, Chile)

39) Máximo Bistrot (Cidade do México, México)

40) Villanos en Bermudas (Bogotá, Colômbia)

41) Esquina Mocotó (São Paulo, Brasil)

42) Laja (Valle de Guadalupe, México)

43) La Docena Oyster Bar & Grill (Guadalajara, México)

44) Aramburu (Buenos Aires, Argentina)

45) Tuju (São Paulo, Brasil)

46) Fiesta (Lima, Peru)

47) Amaz (Lima, Peru)

48) Crizia (Buenos Aires, Argentina)

49) Proper (Buenos Aires, Argentina)

50) Mishiguene (Buenos Aires, Argentina)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *