Lista: os 50 melhores bares do mundo

Acaba de ser divulgada, em Londres, a lista dos 50 melhores bares do mundo, organizada pela William Reed Business Media, que, há nove anos, agrupa os vencedores no site do guia The World’s 50 Best Bars (link aqui, em inglês).

São 505 votantes, entre bartenders, críticos de coquetelaria e “cocktail aficionados” espalhados por 55 países. Cada um pode indicar sete bares, mas três deles precisam estar localizados fora de seus países de residência. O eleitor também tem que ter visitado os bares escolhidos pelo menos uma vez nos últimos 18 meses antes da votação.

O resultado mostra, principalmente, a força de duas cidades: Londres e Nova York. A primeira tem oito dos melhores bares do mundo — incluindo o campeão, o American Bar, que fica dentro do hotel Savoy. A outra conta com sete dos melhores bares do mundo.

Em “terceiro lugar”, com seis bares na lista dos 50, vem Cingapura. Outras 21 cidades, como Xangai, Miami, Hong Kong, Estocolmo e Buenos Aires, também emplacaram representantes.

Apesar de a lista original trazer 50 estabelecimentos, há, ainda, uma classificação até o centésimo melhor bar do mundo — e nessa espécie de “repescagem” entraram três bares brasileiros, todos localizados em São Paulo (no ano passado, não houve nenhum).

Destaco, a seguir, os dez melhores bares do mundo. Na sequência, aparecem, nominalmente, os outros 40. E, por fim, os três brasileiros que conquistaram um lugar entre os 100 melhores bares do mundo.

 

1) AMERICAN BAR, em Londres

O melhor bar do mundo: American Bar, no hotel Savoy, em Londres
O American Bar, no hotel Savoy, em Londres: primeira colocação entre os melhores bares do mundo

Sobre o lugar: O American Bar foi aberto em 1893, no hotel Savoy de Londres, que existe desde 1889. A linda decoração art déco e os signature drinks são as marcas do lugar. O melhor bar do mundo não aceita reservas e funciona de segunda a sábado, das 11h30 até meia-noite. Aos domingos, de meio-dia até meia-noite. O traje é o smart casual, ou seja, não vá de tênis, nem de camiseta.

Colocação na lista do ano passado: número 2

Endereço: 100, Strand, Covent Garden, Londres

Site aqui: American Bar

 

 

2) DANDELYAN, em Londres

O Dandelyan, em Londres: o segundo entre os melhores bares do mundo
O Dandelyan, no hotel Mondrian, em Londres: segundo lugar entre os melhores bares do mundo

Sobre o lugar: Com decoração do designer Tom Dixon, o Dandelyan, eleito o segundo melhor bar do mundo, também fica dentro de um hotel londrino, o Mondrian. Localizado no Southbank, o bar tem belas vistas para o Rio Tâmisa e coquetéis inventivos servidos em quatro “seções”: Faith (Fé), Lust (Luxúria), Currency (Moeda) e Rock’n’roll. Horários: de segunda a quarta, das 16h à 1h; de quinta a sábado, de meio-dia às 2h; e domingo, de meio-dia à 0h30.

Colocação na lista do ano passado: número 3

Endereço: 20, Upper Ground, Sea Containers, Londres

Site aqui: Dandelyan

 

 

3) THE NOMAD BAR, em Nova York

O The NoMad Bar, em Nova York, o terceiro entre os melhores bares do mundo
O The NoMad Bar, em Nova York: o terceiro entre os melhores bares do mundo

Sobre o lugar: O terceiro melhor bar do mundo, o The NoMad Bar, é um anexo do descolado hotel The NoMad, em Nova York, na região do Madison Square Park, coladinho ao Flatiron District. Foi inaugurado em 2014 (dois anos após a abertura do hotel), e tem uma clientela jovem e moderna. A decoração lembra um pub, com um enorme balcão e muita madeira. Além dos drinques, o destaque da casa é o frango com trufas e foie gras, criação de Daniel Humm, considerado o melhor chef do mundo. Segunda e terça, das 17h à meia-noite; e de quarta a sábado, das 17h às 2h.

Colocação na lista do ano passado: número 8

Endereço: 10, West 28th Street, Madison Square North, Nova York

Site aqui: The NoMad Bar

Mais sobre o The NoMad aqui no Carioca NoMundo: NoMad, o incrível hotel boutique de Nova York

 

 

4) CONNAUGHT BAR, em Londres

O Connaught Bar, em Londres: quarto entre os melhores bares do mundo
O Connaught Bar, em Londres: quarta posição entre os melhores bares do mundo

Sobre o lugar: O quarto melhor bar do mundo é também o meu bar favorito em hotéis, o Connaught Bar, que fica no hotel The Connaught, em Londres. Design moderno, com toques art déco, e uma carta de drinques fabulosa fazem a fama do lugar. Não deixe de testar o carrinho de dry martini, que aparece na foto acima com o mixologista Agostino Perrone preparando um drinque. Traje: smart casual. De segunda a sábado, das 11h à 1h; domingo, das 11h até meia-noite.

Colocação na lista do ano passado: número 4

Endereço: Carlos Place, Mayfair, Londres

Site aqui: Connaught Bar

Mais sobre o The Connaught aqui no Carioca NoMundo: A suíte mais cara de Londres

 

 

5) THE DEAD RABBIT GROCERY & GROG, em Nova York

The Dead Rabbit, em Nova York: quinto entre os melhores bares do mundo
O bar The Dead Rabbit, em Nova York: o quinto entre os melhores bares do mundo

Sobre o lugar: Má notícia para o The Dead Rabbit: ele não é mais o bar número 1 do mundo, posição que ocupou no ano passado. Porém, ainda está no topo — é o quinto entre os 50 melhores bares do mundo. O ambiente é o de uma antiga taverna — tem até serragem no chão. Tudo muito descontraído, como sempre foi o desejo donos de origem irlandesa. Aliás, o menu de uísques irlandeses do The Dead Rabbit é elogiadíssimo. Horários: todos os dias, das 11h às 4h.

Colocação na lista do ano passado: número 1

Endereço: 30, Water Street, Financial District, Nova York

Site aqui: The Dead Rabbit

 

 

6) THE CLUMSIES, em Atenas

The Clumsies, em Atenas: sexto entre os melhores bares do mundo
O bar The Clumsies, em Atenas: sexta colocação entre os melhores bares do mundo

Sobre o lugar: Em Atenas, na Grécia, o The Clumsies — ou, em bom português, Os Desajeitados — é o sexto entre os melhores bares do mundo. É um lugar descontraído, com vários ambientes, do balcão principal a um lounge com mesa de sinuca. Gente jovem e pretensão zero. A carta de drinques muda sempre. A atual, chamada Genesis, é inspirada na arte grega. De domingo a quinta, das 10h às 2h. Sexta e sábado, das 10h às 4h.

Colocação na lista do ano passado: número 9

Endereço: Praxitelous 30, Central (próximo ao metrô Panepistimio), Atenas

Site aqui: The Clumsies

 

 

7) MANHATTAN, em Cingapura

O Manhattan, em Cingapura: sétimo entre os melhores bares do mundo
O clássico Manhattan, em Cingapura: sétimo lugar entre os melhores bares do mundo

Sobre o lugar: O nome do sétimo entre os melhores bares do mundo já diz tudo. A inspiração do Manhattan, em Cingapura, são os clássicos bares de hotel de Nova York. A decoração do ambiente, no segundo andar do hotel Regent, capricha em materiais como couro e veludo para remeter os clientes a uma América do fim do século 19. Os principais drinques usam destilados americanos, além de frutas, ervas e especiarias dos Estados Unidos. Traje: smart casual. De domingo a quinta, das 17h à 1h. Sexta e sábado, das 17h às 2h.

Colocação na lista do ano passado: número 11

Endereço: 1, Cuscaden Road, Cingapura

Site aqui: Manhattan

 

 

8) ATTABOY, em Nova York

O bar Attaboy, em Nova York: oitavo entre os melhores bares do mundo
O Attaboy, no Lower East Side de Manhattan: o oitavo entre os melhores bares do mundo

Sobre o lugar: Imagine um bar tão famoso por seus coquetéis que abocanhou a oitava colocação na lista dos melhores bares do mundo. Agora imagine que este mesmo bar não tem um cardápio de drinques… Pois assim é o Attaboy, em Nova York, um lugar para lá de descontraído — e escondido — no Lower East Side de Manhattan. A ciência dos bartenders ali é olhar para a cara do freguês, bater um papo ultra rápido para sentir a vibe e depois servir o melhor coquetel da sua vida. Abre todos os dias, das 18h às 4h (tem que bater na porta para entrar) — e não tem site.

Colocação na lista do ano passado: número 5

Endereço: 134, Eldridge Street, Lower East Side, Nova York

 

 

9) BAR TERMINI, em Londres

O Bar Termini, em Londres: o nono entre os melhores bares do mundo
O Bar Termini, no Soho, em Londres: nona posição entre os melhores bares do mundo

Sobre o lugar: De dia, parece um café, com bolo no balcão e vitrine de croissants. Após o entardecer, o nono entre os melhores bares do mundo atrai uma clientela jovem atrás de drinques tradicionais italianos — o cardápio, aliás, não muda há anos. O nome, Bar Termini, vem da estação central de trens de Roma. Tudo a ver. O Negroni é um coquetel que aparece em quatro versões — e mais duas estão por vir. Horários: de segunda a quinta, das 10h às 23h30; sexta e sábado, das 10h à 1h; domingo, das 11h às 22h30.

Colocação na lista do ano passado: número 30

Endereço: 7, Old Compton Street, Soho, Londres

Site aqui: Bar Termini

 

 

10) SPEAK LOW, em Xangai

O Speak Low, em Xangai: décimo entre os melhores bares do mundo
O Speak Low, em Xangai, na China: décimo colocado entre os melhores bares do mundo

Sobre o lugar: O conceito de speak easy, os bares proibidos da época da lei seca nos Estados Unidos dos anos 1920, é levado às última consequências no Speak Low, de Xangai, na China, o décimo entre os melhores bares do mundo. A entrada fica atrás de uma estante em uma loja de artigos para bar chamada Ocho Bar Tools. Uma vez lá dentro, há outras três salas secretas que os clientes precisam ir desbravando — uma delas atrás de uma porta que diz “Apenas funcionários”. Tudo por um bom drinque! Abre todos os dias, das 19h às 2h — e não tem site.

Colocação na lista do ano passado: número 15

Endereço: 579, Fuxing Middle Road, Huangpu Qu, Xangai

 

 

A seguir, a lista dos outros 40 bares, entre os 50 melhores bares do mundo:

11. LITTLE RED DOOR, Paris

12. HAPPINESS FORGETS, Londres 

13. BAR HIGH FIVE, Tóquio

14. LICORERÍA LIMANTOUR, Cidade do México (Melhor bar da América Latina)

15. ATLAS, Cingapura 

16. DANTE, Nova York

17. ORIOLE, Londres 

18. BROKEN SHAKER, Miami

19. CANDELARIA, Paris

20. HIMKOK, Oslo

21. THE GIBSON, Londres 

22. BLACK PEARL, Melbourne (Melhor bar da Austrália)

23. FLORERÍA ATLÁNTICO, Buenos Aires

24. OPERATION DAGGER, Cingapura

25. 28 HONGKONG STREET, Cingapura

26. TRICK DOG, São Francisco

27. SWEET LIBERTY, Miami

28. INDULGE EXPERIMENTAL BISTRO, Taipei (Taiwan)

29. LOST & FOUND, Nicósia (Chipre) 

30. BABA AU RUM, Atenas

31. TIPPLING CLUB, Cingapura

32. BLACKTAIL, Nova York

33. JERRY THOMAS SPEAKEASY, Roma

34. LE SYNDICAT, Paris

35. TALES & SPIRITS, Amsterdã

36. BAR BENFIDDICH, Tóquio

37. EMPLOYEES ONLY, Nova York

38. SCHUMANN’S, Munique 

39. LA FACTORIA, San Juan (Porto Rico)

40. QUINARY, Hong Kong

41. AVIARY, Chicago

42. MACE, Nova York

43. NIGHTJAR, Londres

44. LINJE TIO, Estocolmo

45. THE BAXTER INN, Sydney

46. ABV, São Francisco

47. NATIVE, Cingapura

48. TOMMY’S, São Francisco

49. LOBSTER BAR, Hong Kong

50. IMPERIAL CRAFT, Tel Aviv (Melhor bar do Oriente Médio + África)

 

 

Na lista dos melhores bares do mundo do ano passado não havia qualquer estabelecimento brasileiro. Em 2017, na seleção que vai do número 51 ao 100, três bares de São Paulo aparecem. São eles:

 

FRANK BAR 

Sobre o lugar: Localizado no lobby do hotel Maksoud Plaza, o Frank Bar tem dois títulos na edição Veja São Paulo Comer e Beber 2016/2017: melhor carta de drinques e melhor bartender do ano.

Colocação na lista: número 66

Endereço: Rua São Carlos Do Pinhal, 424, Bela Vista, São Paulo

Site aqui: Frank Bar

 

 

GUILHOTINA

Sobre o lugar: “Esvazie sua cabeça”. Este é o lema do despretensioso Guilhotina, que serve drinques com nome divertidíssimos, como Piña (Des)colada, 50 Tons de Grey e Chora e Me Liga.

Colocação na lista: número 73

Endereço: Rua Costa Carvalho, 84, Pinheiros, São Paulo

Site aqui: Guilhotina

 

 

SUBASTOR

Sobre o lugar: O Subastor é o bar dentro do bar — no caso, o Astor, o badalado point da Vila Madalena. Basta descer as escadas, ultrapassar as cortinas de veludo e — voilà — o mundo dos bons drinques é seu!

Colocação na lista: número 90

Endereço: Rua Delfina, 163, Vila Madalena, São Paulo

Site aqui: Subastor

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *